BACK TO SCHOOL | Entrei na faculdade e agora? - Praxe

sexta-feira, setembro 02, 2016

Foto retirada do "Público"

Um dos receios que toda a gente tem quando se candidata à universidade pela primeira vez é a praxe. A meu ver, com alguns acontecimentos mais mediáticos, criou-se uma onda de negatividade em relação a este assunto e penso que é necessário falarmos sobre ele. 

A praxe não é nenhum bicho de sete cabeças. Sim, há praxes estúpidas. Sim, há pessoas parvas. Mas, pensem bem, não é isso que encontram em todo o lado? Pessoas desagradáveis e que fazem de tudo para vos mandar abaixo? Vendo bem as coisas, a praxe prepara-vos para a vida.

Não posso falar por todos, nem muito menos generalizar, uma vez que nem todos temos as mesmas experiências dentro da praxe académica. As tradições são diferentes de faculdade para faculdade e, por vezes, até mesmo de curso para curso dentro de uma mesma instituição. De certeza que alguns de vocês vão para cursos e/ou faculdades que se declaram como anti praxe e, por isso, não irão passar por este ritual académico. Só tenho a dizer que tenho pena. Acho que todos devíamos passar pela experiência, nem que fosse só um dia.

A meu ver, é impossível para quem está de fora ter uma opinião sobre a praxe. Não vão perceber nem compreender se não participarem. Podem até vir a ter uma experiência mais desagradável, mas, pelo menos, têm a opinião formada baseada num acontecimento e não em histórias que ouvem ou em relatos que os meios de comunicação passam cá para fora.

No meu ano de caloira, tinha imenso medo do que iriam fazer nas praxes. As praxes do meu curso acabaram por não ser nada de mais (nunca nos sujaram, por exemplo), mas o que interessa é que nunca fui para a faculdade com a atitude e a mentalidade de que nunca iria meter os pés na praxe. E acho que é isso mesmo que é preciso: ir com mente aberta. Pensem que estão todos na mesma situação: ninguém conhece ninguém e estão todos com um pouco de receio do que possa acontecer. Aproveitem para falarem com as pessoas porque a praxe é mesmo isso: integração, cooperação e união. 

Pensem também que as pessoas que vos estão a praxar já passaram pelo que vocês estão a passar. E garanto-vos que quem praxa dá muito mais de si do que quem está a ser praxado. Do outro lado, do lado dos trajados, vão encontrar o vosso futuro padrinho ou madrinha de faculdade, um/a amigo/a, um apoio. Estas pessoas também vão ser duras com vocês, mas faz parte.

Lembrem-se que sempre que vos puserem em situações em que não se sintam confortáveis, a palavra "não" está no dicionário por alguma razão.


E vocês? Já foram praxados? Ou não? Têm receio? Deixem tudo nos comentários :)

Beijinhos ♥


                                           Facebook Twitter Instagram | Bloglovin'

You Might Also Like

66 comentários

  1. Olá Andreia!! Para o ano vou para a faculdade e posso dizer que a praxe é um dos meus maiores receios (até porque sou muito tímida)!!
    Beijinhos <3
    http://iin-sideout.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não tenhas medo, aposto que vais adorar! :)

      Beijinhos, xx

      Eliminar
  2. Parabens pelo post, ficou otimo
    beijos gatona
    www.zilandrarodrigues.com.br

    ResponderEliminar
  3. Concordo contigo, há praxes e praxes. Eu por acaso adorei o meu primeiro ano de caloira e a praxe ajudou a integrar, mas também sei de situações que não são bem assim. Acho que depende muito de Universidade para Universidade.
    Um beijinho querida*

    BLOG | FACEBOOK | INSTAGRAM

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Exato, nem todos passamos pelas mesmas experiências. Mas acho que o melhor é experimentar e não ir com medo :)

      Beijinhos, xx

      Eliminar
  4. Olá! Gostei bastante do artigo pois isto é um assunto muito polémico! Eu vou este ano para a universidade e tenho bastante receio da praxe devido ao que os meios de comunicação passam mas realmente há coisas boas e coisas más e infelizmente só passam as más na TV na maior parte do tempo... Vou arriscar ir este ano e se vir que não gosto de algo vou dizer não,como dizes. Mesmo assim continuo receosa mas tudo é um desafio!
    Beijinhos,
    Adriana do blog LSF
    www.lightstreetfashion.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade, o que passa cá para fora é sempre o pior. Claro que há coisas boas e más em tudo, especialmente na praxe. Mas o que importa é que vás e participes. Se gostares, vão ser os melhores dias da tua vida. Se não gostares, sais e também vão ser os melhores dias da tua vida. O melhor é mesmo veres por ti própria :)

      Beijinhos, xx

      Eliminar
  5. Que post incrível, boa sorte nessa nova fase! ♡

    www.kailagarcia.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahah eu já passei por esta fase, mas muito obrigada :)

      Beijinhos, xx

      Eliminar
  6. Se houve coisa que nunca me preocupou foi a praxe. Claro que sendo de uma cidade universitária estava habituada a ver toda a gente pintada, cheia de ovos, farinha, etc. Até que sem grande surpresa fui estudar para o Porto, para a FLUP e decidi não alugar quarto de imediato, no primeiro semestre ia e vinha todos os dias, ou seja não tinha tempo nem paciência para praxes. A única vez que me falaram do assunto foi no dia da matrícula, que chegou um rapaz ao pé de mim e perguntou-me se queria participar na praxe. Eu disse-lhe que não e ele desejou-me boa sorte para o curso na mesma. Fim da história. Nunca me senti menos integrada por isso. Ao fim de uma semana dava-me bem com a turma inteira, ao fim de 15 dias dava-me bem com imensa gente fora da turma.

    Beijinho.
    Lilium
    O Meu Dolce Far Niente - A decorrer o Sorteio do Esfoliante Beleza do Sal.
    Facebook

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro que não é só através da praxe que nos integramos na faculdade. Mas que é uma grande ajuda (especialmente para pessoas mais tímidas), lá isso é. Mas óbvio que nunca serás posta de parte por não participar :)

      Beijinhos, xx

      Eliminar
  7. Gostei imenso do post! Entrei na faculdade o ano passado e o meu maior medo era a praxe, mas realmente não passa tudo de macaquinhos na nossa cabeça que foram postos lá pela sociedade. Acho que toda a gente deve arriscar e se depois não gostarem saem, ninguém é obrigado a nada!

    xx Rita

    O blog da Ritinha

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade!! Ninguém é obrigado a nada, se não quiserem, basta um não :)

      Beijinhos, xx

      Eliminar
  8. Gostei. É verdade, tudo depende daa pessoas que estao a praxar. A praxe pode ser muito giro e muito divertido para todos. Eu gostei muito das minhas e sim, tive de fazer coisas que me fizeram ficar cansada, suja e parecer uma parvinha, mas isso ano tem nada de mal! Fazemos grandes amizades nas praxes;)

    Olha adorei o teu blog! Vou seguir! Da um saltinho no meu e segue-me também para irmos mantendo o contacto sim?

    Beijinho
    The-not-so-girlygirl.blogspot.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Exato, eu também gostei das minhas. Acho que o melhor mesmo é participar e depois logo se vê :)
      Obrigada!!

      Beijinhos, xx

      Eliminar
  9. Obrigada pelo comentário!
    Sinceramente tenho muito receio das praxes mas, por outro lado acho que vou gostar! Adoro estes posts relacionados com a faculdade

    Beijinhos
    http://that-g-i-r-l.blogspot.pt/
    Duas publicações por dia!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Força, participa e depois logo vês! Se não quiseres fazer alguma coisa, é só dizeres :)
      Muito obrigada, querida :)

      Beijinhos, xx

      Eliminar
  10. Hoje em dia as praxes são bastante mais controladas. Há que ter 'cabecinha' e saber impor limites que há de tudo correr bem :)
    Beijinhos,
    An Aesthetic Alien | Instagram

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo imenso!! Passa-se muito a imagem cá para fora de que as pessoas são obrigadas a isto e aquilo quando, na verdade, ninguém é obrigado a nada!! Se não quiserem, digam não e pronto :)

      Beijinhos, xx

      Eliminar
  11. Nós tivemos noções muito semelhantes. Ambos participámos na praxe do respectivo curso, na mesma faculdade, que ainda assim se distinguiam em muito nas suas experiências. Ambos não gostámos e saímos para depois fundar/ entrar numa tuna e sermos praxantes e praxados. Tudo depende de cada experiência e de cada pessoa a estar do outro lado. Há que ver cada caso como cada qual e não colocar tudo no mesmo saco, porque nada funciona da mesma maneira.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo! Generalizar é o pior que se pode fazer. O melhor mesmo é experimentar :)

      Beijinhos, xx

      Eliminar
  12. Oi Desejo SORTE rs.
    Beijos te convido para
    conhecer meu blog!
    Beijinhos ♥
    blogcoisasdamaandy.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
  13. Vou definitivamente lembrar-me de tudo o que li no teu post quando para o ano for para a faculdade! :)

    http://theseasidetales.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  14. I'll do the practice on my career next year, and I'm a little nervious haha
    Have a great weekend dear
    XOXO
    http://stylishpatterns.blogspot.com.es/

    ResponderEliminar
  15. Fica meeeesmo bom :D Tens de experimentar eheheh :D

    Eu também já fiz a faculdade mas não quis ser praxado, embora tenha podido trajar na mesma :)

    NEW DIY POST | Karlito Fendi Charm.
    InstagramFacebook Oficial PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E aposto que não foste excluído nem nada do género!! É uma escolha, cada um faz a sua :)

      Beijinhos, xx

      Eliminar
  16. Espero passar pela experiência muito em breve ahahah
    Depois conto como foi ;)
    Beijo ♥
    Trovoada dos Sonhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Força, depois quero saber de tudo :)

      Beijinhos, xx

      Eliminar
  17. Quando for, irei com toda a certeza recordar-me de tudo o que disseste neste post, está fantástico! :)
    Já sigo o teu blog :)

    Beijinhos

    www.daysstyle.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  18. O problema da praxe é que varia muito de sítio para sítio... Na minha faculdade por exemplo, eu não gostei e desisti. Mas tenho a certeza que noutros sítios é muito diferente e provavelmente incrível :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, varia imenso. É melhor experimentar e decidir o que preferimos :)

      Beijinhos, xx

      Eliminar
  19. Olá Andreia, tudo bem? :)
    Eu vou agora para o 10º ano por isso ainda não tenho que me preocupar muito com as praxes, contudo sempre tive algum receio acerca delas e o que podia acontecer acho que o teu post me deixou um pouco mais tranquila relativamente a isso pois gosto bastante de fazer novas amizades e acho que será uma boa oportunidade para isso! Portanto, esclareces-te-me imenso, gostei bastante do post!
    Se puderes passa lá no meu blog também ficarei muito grata!
    Beijo ♥
    Alexandra's World

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda bem, querida! Obrigada pelas tuas palavras :)
      Ainda tens imenso tempo pela frente até chegares às praxes, por isso não estejas já preocupada com isso ahah :)

      Beijinhos, xx

      Eliminar
  20. Acho que o único problema são mesmo as pessoas parvas e as praxes humilhantes e estúpidas. Porque a praxe devia ser sim um meio de integração das pessoas e uma forma de diversão saudável. Pena que nem sempre o seja.

    thebrunettetofu.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Verdade, nem sempre o é. Mas também não podemos pensar negativo sem nunca passar por isso :)

      Beijinhos, xx

      Eliminar
  21. Na minha faculdade acabou por ser uma experiência incrível onde fazemos teatros, danças, músicas e jogos de grupo super engraçados. Conheci imensa gente e felizmente nunca passei por nada humilhante. Há praxes e praxes, há anos melhores que outros e varia muito de região para região mas das coisas que me fez mais feliz ultimamente foi a praxe mesmo ♡

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, foi como na minha. É como em tudo, há coisas e coisas. Umas melhores, outras piores. Ainda bem que tiveste uma boa experiência com a praxe e espero que tenhas uma ótima continuação :)

      Beijinhos, xx

      Eliminar
  22. Bons conselhos! Eu pessoalmente não fui praxada, não por não querer mas porque não consegui ir. Mas também parece que na minha faculdade não perdi grande coisa :)
    LA VEINE

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Marta! :)
      Que pena não teres conseguido ir :( Mas, se viste algumas praxes na tua faculdade e achaste que não eram boas, acho que até fizeste bem :)

      Beijinhos, xx

      Eliminar
  23. Bom post :) Há praxes e praxes e tudo depende de quem a faz
    http://retromaggie.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  24. A praxe no inicio da minha faculdade foi um grande obstaculo para mim, devida a alguns contratempos acabei por desistir infelizmente , beijinhos <3

    http://andreiaseraos.wixsite.com/blog

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que pena que tenhas tido uma má experiência :( Fico mesmo triste que existam pessoas que não se sabem comportar e que levam as coisas para outros lados :/

      Beijinhos, xx

      Eliminar
  25. obrigada pelos comentários <3
    concordo! cada um tem de saber o que é correto e o que não é e manter-se o respeito :)

    www.pinkie-love-forever.blogspot.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Exato, Inês!! Respeito é mesmo a palavra chave :)

      Beijinhos, xx

      Eliminar
  26. adorei o post, ajudou muito
    vou agora para a universidade e a praxe tbm é um dos meus maiores receios
    mas vou fazer como tu recomendaste e ir experimentar porque só desta maneira é que fico com uma opinião para depois falar
    além disso, estou com imensa esperança de vir a gostar daquilo porque é uma otima maneira de me integrar
    beijinhos

    http://umacolherdearroz.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, querida! :)
      Acho que fazes muito bem! Podes até nem gostar, mas ao menos tentaste. Espero que tenhas uma ótima experiência, tanto nas praxes, como no resto da tua vida académica :)

      Beijinhos, xx

      Eliminar
  27. Fui praxada e praxei, concordo com tudo o que disseste! ❤

    ResponderEliminar
  28. Concordo que quem acha que vai gostar das praxes que vá sem receios e aproveite por outro lado, se não forem também não acho que seja pior para a vossa integração. Eu não participei nas praxes e integrei-me tão bem como qualquer outra pessoa.
    Gostei do post e acho que deves fazer mais deste género.
    Beijinhos
    http://virginiaferreira91.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro que não ir às praxes não significa que não te integres à mesma. É só uma maneira mais fácil e mais divertida de o fazer. Nada como experimentar :)

      Beijinhos, xx

      Eliminar
  29. Não vejo grande necessidade de existirem as praxes..


    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. São opiniões ;) Eu acho que é uma parte essencial da vida académica, desde que seja feita como deve ser e que não seja levada para outros caminhos :)

      Beijinhos, xx

      Eliminar
  30. Isto é das tais coisas, ninguém é obrigado a nada. Vai quem quer!
    Eu adorei ser praxada por isso vai mesmo de cada um.
    Beijinhos :)

    www.kiza.pt

    ResponderEliminar
  31. Vou entrar este ano para a universidade e adorei ler este post!
    Concordo plenamente contigo, acho que toda a gente devia ir com uma mente aberta a novas experiências e acho que toda a gente devia experimentar ir à praxe. Opiniões formadas acerca da praxe, sem sequer experimentarem, não faz sentido nenhum!
    Mas pronto, todas as pessoas são diferentes...
    Mais uma vez, gostei imenso do post :)

    Beijinhos, Beatriz ♥
    http://beatriz-pedrosa.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Beatriz! Realmente não faz mesmo sentido nenhum!! Boa sorte :)

      Beijinhos, xx

      Eliminar

Subscribe